quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Barack Obama e homossexuais no exército


O exército norte-americano pode ser forçado no governo de Barack Obama a aceitar o alistamento de homossexuais no exército, que hoje são obrigados a ocultar suas preferências sexuais. Desde 1993, 12,5 mil soldados foram expulsos por expressar sua homossexualidade.


Dezesseis anos depois de uma fracassada tentativa do presidente Bill Clinton em seu primeiro mandato, o exército americano poderá se ver forçado no governo Barack Obama a abrir suas portas para os homossexuais.
"Os critérios-chave para servir nas forças armadas deveriam ser o patriotismo, o sentido de dever e a vontade de compromisso. A discriminação deve ser proibida", segundo o site do presidente eleito.
Pouco depois de sua posse em 1993, Clinton ordenou ao Pentágono que pusesse fim à discriminação baseada na orientação sexual para recrutamento militar. A iniciativa foi mal recebida.
Uma lei de compromisso, a "Don't ask, don't tell" foi finalmente adotada, permitindo aos gays e lésbicas integrar as forças armadas na condição de esconder sua opção sexual.
"Não podemos descartar das forças armadas pessoas capazes", assegurou Ellen Tauscher, legisladora democrata. Segundo pesquisas recentes, 75% dos americanos acham que gays e lésbicas devem servir ao exército abertamente.
A comunidade militar, tradicionalmente conservadora, pode colocar resistência. Uma pesquisa realizada em dezembro pelo Military Times com cerca de 2000 leitores militares ativos, a maioria (85%) se declararam contrários à abertura do exército aos homossexuais.

9 comentários:

Apenas Alguém disse...

falaê meu querido
vlw pelos seus comentários
o brasil precisa de um presidente como o barack, q não se deixa ser vendido pela globo.
fazer não só o exercito, mas tbm a sociedade ser forçada a aceitar os homossexuais.

Clóvis sivolC disse...

Oi amigooo ,
nossa q situação heimn?
pois é , eu tenho um pouco de medo do Barack , sinto q ele é mais um celebridade de que um presidente.
Já pensou ele n cumprir com as promessas? é esperar pra ver.
abçs.

GLAUBER LEONARDO ALMEIDA disse...

muito bom o conteudo do seu blog

Apenas Alguém disse...

pois é
parece que é dom de todas as emissoras, tem td pra fazer grandes produções, mas fazem sempre merdas.
igual akele programa zorra total, olha, jah assisti um, não consegui dah uma risada vendo o programa. fiquei tentando entender a graça, sabe akele programa q eles tentam fazer o povo rir, mas forçadamente.
um

vc quer algo pra me fazer rir?
é isso, olha lá no youtube, vou deixare o link aqui pra vc. esse video eu me póco de rir

http://br.youtube.com/watch?v=Fy-1EfNC5SA

Flor disse...

oieee... to passeando aqui,,
beijo

CÓDIGO SECRETO disse...

Muito bacana teu blog...

agradeço tambem a visita no Código e espero que, aqui ou lá seja um lugar gostoso de se estar...
SEMPRE!

abraços

Homorango disse...

Não se deve medir a capacidade de uma pessoa baseada em sua orientação sexual...
Muitos gays só querem trabalhar, servir a patria. TEr uma condição de vida melhor.
O que peca são aqueles outros gays que visão o exercito como ponto para sexo...

.moony. disse...

hallo o/*
tão bom ver que as coisas finalmente estao mudando.
parece que a sociedade americana está finalmente abrindo os olhos (e a mente), e espero sinceramente que o Obama faça por merecer toda a confiança que estamos depositando nele.
eu realmente acredito que ele pode mudar os EUA o/*
até mais...
.moony.

Leo Carioca disse...

Bom, aqui no Brasil aconteceu uma situação bem parecida com o Sargento Laci e com o Sargento Fernando, né?