quinta-feira, 23 de abril de 2009

Traição! Rá




A meu ver, a fidelidade é a base do relacionamento. E confesso, morro de medo de ser corno. Mas isso também não quer dizer que nunca me senti tentado a trair. Vou contar a vocês uma história:

Meu coração é cego. Ele definitivamente não se importa com a aparência física, e apesar dos protestos dos meus melhores amigos inseri em minha vida um homem com pouco beleza externa e...Bem,não consigo lembrar da beleza interna dele, só consigo lembrar dos maus momentos. Isso não importa. Sei que de alguma forma ele conseguiu conquistar o meu coração cego e tapado. A pressão dos meus amigos continuou, e meu ex conseguia baixar a minha auto-estima de uma forma insensível e desonesta. Apesar de esconder dele todos os comentários maldosos que as pessoas dirigiam contra ele, com relação a sua (falta de) beleza, ele não media esforços para me magoar e me fazer ciúmes.

Quando você dá espaço, o diabo atenta. Não demorou muito tempo para que aparecesse um rapaz mais velho e deslumbrante em minha vida. Apesar de ainda não pensar em trair, inconscientemente eu deixei que esse cara se aproximasse de mim com esse propósito, no fundo, eu estava sedento de vontade de botar um bom par de chifres no meu namoradinho da época. Quando a ficha caiu já tinha marcado hora e lugar para cometer o crime e uma voz lá de dentro sussurrou: “Não, não faça isso pois é errado, você ama o seu namorado”. Maldita seja a voz do meu subconsciente.

O desfecho da história vocês devem imaginar... Ou não. Não explique nada ao pobre rapaz, apenas disse que não daria certo o nosso encontro, ao meu namorado eu contei toda a verdade. Preferi manter a minha integridade e não trair.
A partir dessa minha experiência descobri que sou incapaz de trair e que também não concordo com a prática.

Alias, se tem alguém aqui que lê o blog e é formado em direito julguem para mim se o meu pensamento segue uma linha coerente: Em um relacionamento quando concordamos que não deve haver traição, ou seja, isso não é permitido, está fora do combinado firmamos um contrato verbal, isso procede ou não procede? Se o meu raciocínio está correto até este ponto, eu quero que prossigam com a leitura. Se firmamos um contrato verbal a quebra desse contrato ( ou seja, se uma das partes meter o chifre na outra) não poderia resultar em um processo? Eu não deveria ganhar muito dinheiro com isso? Bem, se não funciona dessa forma, deveria funcionar.

E quanto a vocês? Qual é a opinião de vocês sobre a traição?
Já traiu? Foi traído? Conte essa sua experiência se se sentir a vontade.






Ganhei esse presente do blog Degusta, achei muito lindo mesmo! Obrigado pelo presente. E fica ai o blog como indicação minha a vocês.

17 comentários:

Anônimo disse...

Well, contrato verbal *namoro* é uma coisa difícil. E não, você não pode ganhar nada *dinheiro* com isso. Se fosse "casado", com testemunhas etc, etc... até ia =)
Sou suspeita pra falar qualquer coisa sobre traição. Então... deixa em off.
Abraço!

Dama de Cinzas disse...

Sou muito flexível com esse conceito de traição, pra mim trair em sentimentos é muito mais sério do que trair em corpo... Mas parece que os caras com quem tenho vivido adoram me trair em sentimentos. Acho que agora vou fechar bastante meu conceito!

Beijocas

Mariposo-L disse...

Sabe amigo sob traição eu acho que não devemos levar para a parte "Legal" do assunto, traição é muito pessoal . Quanto a achar certo ou errado acho que ninguem tem moral para fazer isso apenas nossa consciência mesmo .
Eu trai, num relacionamento de 10 anos, alias um relacionamento "muito estranho" o tempo todo eu ouvia a palavra " Eu te amo " que lá pelos 7 anos de relacionamento não significava mais nada para mim quando ele falava. Sexo o cara nada vezes nada comigo. então trai ... lá pelo 7 ano, por fim ele morreu de aids, eu não tive nada log concluo que também fui traído .

Abraços :)

JOÃO disse...

só não entendi pq nao deu chance ao segundo rapaaaz...
sou contra traição tb...
já ouvi (e li) gente falando que monogamia (sexual) é um preceito restrito (ou não) a relacionamentos heterossexuais... fazeroquê?

t.e.a.g.o. disse...

quando tava ficando com o jones eu falava..
se vc quer ficar com outro caras, fique, mas uma coisa e certa, quando for namoramos, eu quero fidelidade...
ele disse que nunca me traiu...
espero...
mas namoro e uma coisa muito complicada se não tiver respeito e confiança, não adianta namorar...

JOÃO disse...

selo + desafio= blog
passa lá
abs

Voyeur disse...

bom, nao sei dizer muito a respeito do "contrato verbal" mas acho uma otima ideia esse lance de processo por traiçao.
:x

eu nunca trai e acho q nunca fui traido - mas dizem que o corno é o ultimo a saber né - mas se fosse, nao sei se seria capaz de perdoar...

qto ao seu coração ser cego, nao eh so o seu. todo coracao apaixonado eh cego.
/fato
e quem ta de fora enxerga a coisa muito melhor, dai os comentarios alheios...
nao se preocupe, nao foi o unico a se equivocar nesselance...
^^

abraços
http://thevoyeurman.blogspot.com

Homorango disse...

As melhores pessoas que perdi, foi com traição! Eu sou judas assumido... e tenho q pagar muito caro por isso.

.moony. disse...

humm... admito que, se não estou mais tããão afim de uma pessoa, traí-la não me causaria tanto remorso o_O' Mas sei lá, é tudo tão relativo, depende tanto de tanta coisa... já traí uma vez, e fui traída tbm, então sei que não é uma sensação nada boa, e que a culpa existe sim, e muita.
maaas... como eu disse, depende de muita coisa... xD
aah, tem selo pra vc no status quo ^^
bjo
teh +
o/*

Brisa M. disse...

Murillo, eu fiz outro blog (novamente), passa lá. :)
Eu não tolero nenhum tipo de traição, já traí e me arrependo amargamente.

Pedro Wolf Sá Muniz disse...

Não traí...
Nunca fui traído...
Não traírei, não são!
Também penso como você.
Existe toda uma fraqueza por traz da traição, e não amor com tanta fragilidade para que isso possa acontecer. Parabéns pelo comportamento, faria o mesmo, tem que haver o fim de um relacionamento para existir um novo começo...

Abços!

Raquelzinha disse...

Já fui traída por uma pessoa que eu amava muito...
Na realidade ele era desleal, o que pra mim é mais grave do que a traição propriamente dita..

Gosto mto da forma como vc escreve...com um olhar sensível..
Grande beijo!

Thór disse...

Adorei i blog. Sobre traição, nao acredito em monogamia. Relacionamento aberto é o que há! Eu, cheeeeio de mariconas. hahahaha.

volte sempre, estamos comecando, mas a idéia do projeto é legal.

bjos

T.

Gay Alpha disse...

Fidelidade é uma coisa extremamente relativa... muito relativa!!! Valeu pelo elogio e pelo comment. E não. Não sou o cara da foto... aquele era o amigo bloggeiro aniversariante!!! Volte mais vezes! Te espero! Hugz!

Cruela Cruel Veneno da Silva disse...

mas quando vc terminou a primeira coisa que fez foi ligar pro bonitão né?

t.e.a.g.o. disse...

selinho no meu blog..
depois vc passa lá..
abração

JOÃO disse...

Em relação aos videos do youtube, Duas opções:

1) pra ficar com aquela janelinha do youtube, funcionando como um link mesmo, basta escolher qual video vc quer no you tube.

Daí do lado do video, tem um quadro, aonde tem nessa ordem:
nome do usuario
URL e
Incorporar

do lado do nome "iNCORPORAR" vc clica numa bolinha (uma roda dentada- rsrs)
vai abrir algumas opções, dai vc escolhe e copia o que estiver escrito dentro do quadro "incoporar"

após pegar esse código, vc escreve seu post normalmente e cola o código, pronto!
alguns videos nao aceitam incorporação
e se o video sair do you tube, vc perde o acesso tb, por isso...

2) abaixo o video pelo aTube Catcher (site baixaqui tem o programa), dai salvo no meu computador e depois faço o upload do video (demora horrores)- tipo foto

abração