sábado, 28 de março de 2009

I love you, what is wrong with that?

Acabei de assistir Bent ( essa frase do titulo foi dita por Max enquanto abraçava o corpo sem vida do seu namorado assassinado pelos soldados da Gestapo), um bom filme que conta a história dos homossexuais perseguidos pela Alemanha Nazista. O trailer: http://www.youtube.com/watch?v=TtcfmJG3JnE



Bem, antes de qualquer coisa eu queria reforçar alguns conceitos: O Nazismo foi um regime político imposta por Adolf Hitler na Alemanha. Se eu não me engano eles pregavam um regime facista( ou comunista, não sei bem a diferença) e totalitario. Hitler acreditava na raça ariana e espalhou o terror com a perseguição a judeus ( os semitas), negros e homossexuais.

Ok, Bent não transmitiu exatamente o que eu gostaria que ele tivesse transmitido, ele deveria enfatizar mais na crueldade, no sofrimento e na desumanização sofrida pelos perseguidos na época. Sim, temos que lembrar a todos que um dia esse regime( teve o fascismo também, aqui no Brasil na Era Vargas o preconceito foi notável) bárbaro imperou em parte do mundo e por vezes continuamos a agir dessa forma, com os mesmos ideais,vergonhoso. Busquei alguns dados na internet e vi que foram mais de 50 mil homossexuais assassinados. É só olharmos para o passado, é evidente que essas barbaridades não têm sentido e que é absolutamente ( ao menos na minha cabeça) surreal que atitudes semelhantes a essas ( sabemos que ainda ocorre, afinal de contas temos um maníaco dos homossexuais em uma cidade no interior do nordeste) ainda perpetuem nos dias atuais. Como assim? Caramba! Depois de tanta injustiça, de tanto sofrimento e luta ainda não perceberam que chegou a hora de reconhecerem os nossos direitos , reconhecerem que somos cidadãs comuns e que merecemos viver como todos os outros? Direito a casar, constituir família, ter filhos... e tudo isso é tão básico, tão simples... mas ainda nos é negado.Incrível!!

Ergueram na Alemanha um monumento em homenagem aos homossexuais perseguidos pelos nazistas. Ele fica em Berlim no parque Tiergarten, não esqueça de visitá-lo se for a Alemanha, ok? Mais informações: http://blog.zequinhabarreto.org.br/2008/06/09/carta-de-berlim-monumento-aos-homossexuais-perseguidos/ ( Alguém ai me ensina a fazer um hiperlink, por favor? Falo sério).






E para quem quer ler algo relacionado ao nazismo fica uma dica além do filmes e dos livros de história ( rs, rs), o livro "A menina que roubava Livros" de Markus Suzak. Eu li achei muito bom. Entre vários acontecimentos na vida da pequena garota ela também tem que conviver com um Judeu escondido da Gestapo em seu porão.

Para quem quiser me adicionar, por favor, fiquem a vontade: murillo-nascimento@hotmail.com
Além disso, entrem na minha comunidade,estou procurando por moderadores e pessoas que estejam afim de ajudarem a esse meu novo projeto crescer. Homossexuais- Brasil:

13 comentários:

Vitor Kesyt disse...

uhu!!
Texto maravilhoso gostei muito ainda nao assisti este filme mais concerteza vo procurar deve ser bem triste.. nao sei pq todos filmes que assiste um dos casais morre no final
aconteceu a mesma coisa no segredo de brockback.
Gostei muito de texto parabens mesmo, um otimo final de semana!!

Flor disse...

nao conheço esse filme... mas li a menina que roubava livros... muito interessante! como o caçador de pipas... um drama, contado junto a uma epoca real (historica). beijoo
estou de volta!

Tiago Leal disse...

conheço a Liesel e o Judeu escondiddo no porão. è uma história muito bonita. Já o filme citado, eeu ainda não vi, mas confio no seu bom gosto e já coloquei ele na lista.

ps: obrigado pelo comentário lá no blog.

Eu amo a E.Y. disse...

Eu também não vi o filme, mas li o livro. Muito bom! Li em dois dias. É uma história que nos prende ao livro.

Um grande abraço!

Ps: eu até tenho o telefone da EY, mas não posso ligar para ela porque ela não sabe que eu tenho o seu telefone. Sem contar que seria constrangedor (risos). mas, vamos ver... de repente, no desespero, só vai restar essa opção.

Valeu!

Pedro Wolf Sá Muniz disse...

Às vezes tento achar alguns filmes aqui no Rio, mas tbm é difícil.

Bem, cuidado com dados históricos, a segunda guerra mundial não tem nada de socialista ou algo do genero, todas as guerras foram imperialistas, assim com a do Iraque é para com os E.U.A, então cuidado...
2º Guerra é uma enorme "paixão" para eu estudar, então sempre que posso estou lendo e lendo e não me canso de ler...

Hitler era gay... lei o livro A vida secreta de Hitler, se eu não me engano.

-Esse filme eu vou tentar assistir.
-A menina que roubava livros, simplesmente o melhor livro que eu li em 2008 e olha que eu leio muito, então...

abraços!

Mariposo-L disse...

Eu vi esse filme e me comoveu muito, olha sei de um filme que mostra bem o "crueldade, no sofrimento e na desumanização sofrida pelos perseguidos na época", não lembro o nome do filme agora mas vou pesquisar e depois falo para vc . Um abraço

.moony. disse...

já vi algumas cenas desse filme! qnd se fala em nazismo instantaneamente a gente pensa no holocausto dos judeus, mas tb temos que lembrar dos homossexuais e ciganos dizimados =/
li a menina que roubava livros recentemente, e já o considero como um dos melhores livros que já li!! perfeito demais!
te adicionei :D

Carlos Eduardo disse...

Eu tenho esse filme, e é realmente bom. O livro que você indicou também é outro ótimo.
Terminei de ler a pouco o livro: "O diário de David Sierackowiak" - que também é sobre os nazismo, os guetos judeus e tudo mais.
Sou um grande apreciador da época, embora não concorde com os ideais.

Sobre a comunidade, o que é preciso para ser moderador?




http://putoanonimo.blogspot.com

Eu amo a E.Y. disse...

valeu pela postagem... ah se eu pudesse controlar o meu sonho com a EY... Acho que nunca mais ia acordar.

Um abraço!

Homorango disse...

Como vai meu lindo... de olhos tão expressivos???

Carlos Eduardo disse...

Entendi,
vou me juntar a comunidade,
e pra ser bem sincero, gostaria de 'me candidatar a moderação'








http://putoanonimo.blogspot.com

Verônica disse...

Olá, conheci o blog agora e estou adorando os textos. Parabéns!

Por favor, altere no seu blog, o Regime Nazista era facista e totalitário e não tem nada a ver com o Socialismo, que por sua vez já sofre bastante com o sentido equivocado que as pessoas dão pra ele. Seria de extrema boa fé se pudesse corrigir.

Beijão!

O amor e etc. disse...

Verônica, obrigado pela correção e eu já estou dando um jeito nisso. Se estiver mais alguma coisa errada me ajude, por favor. ^^