segunda-feira, 24 de novembro de 2008


Acho que todos nós ouvimos falar na proposta 8, não é mesmo? Bem, se não, eu vou lhes exclarecer:
"A 'Proposta 8' procura modificar a Constituição do Estado para definir o casamento só como a união entre homem e mulher, o que derrogaria a decisão do Tribunal Superior de Justiça da Califórnia que legalizou em maio deste ano a união homossexual."
(Folha Online)

E muito tem sido dito em torno desta polêmica. Claro, o homossexual deve ser respeitado, ele deve ser tratado também como um cidadão comum, afinal de contas pagamos impostos como qualquer outro, e se não podemos casar, adotar crianças, ter os nossos parceiros em nossos planos de saúde , andar abraçados ou nos beijarmos na rua como qualquer outra pessoa... nossos impostos teriam que cair em 70%, não concordam? Mas o que me decepcionou mais nessa história toda foi ler em vários blogs comentários para lá de preconceituosos motivados por um ataque de gays anarquista a uma igreja nos EUA. Pessoas ruins e sem escrupolos existem, sejam heteros ou gays. Não concordo com a atitude tomada por eles, desejo que eles sejam presos e que paguem pelos crimes que cometeram porque são homens da pior espécie, mas não vamos julgar o todo porque uma parcela errou, a maioria de nós luta pelos seus direitos de maneira pacifica, repeitando sempre as leis.

Então, agora querem justificar o próprio preconceito por atitudes tomada por uma menoria, se a regra a ser seguida for esta: "o justo paga pelo pecador", estariamos todos ferrados, afinal de contas nem todo homossexual,hetero, negro, branco, religioso, ateu ou seja lá mais o que for é essencialmente bom ou correto.


http://sociedade-civil.blogspot.com/

6 comentários:

Afrodite disse...

Um absurdo isso de não reconmhecer o casamento se não for um homem e uma mulher!!
Onde estão os princípios fundamentais que determinam"Todos somos iguais perante a lei?"
Há que se fazer muito barulho pois na hora de pagarmos os impostos somos iguais mas ao cobrar os direitos há a discriminação???
Um beijo
Afrodite

Alex&Elisa disse...

Isa,

Foi quase um encontro às escuras...o problema é foi com muita iluminação pra fingir ter sido um pesadelo...hahaha

Elisa é uma velha amiga da época da escola...quando eu entrei na escola, ela tava terminando - porque ela é muito mais velha do que eu (embora ela diga q não), mas pelas coincidências da vida, acabamos nos encontrando...e somos amigos desde então...

Chegamos naquele grau de intimidade em que terminamos as frases um do outro e nos lemos nos olhos...hahaha

Beijos do Alex

Clóvis sivolC disse...

Sempre dizem q somos livres e tal e q todos somos iguais , mais nunca vejo essa igualdade.
Dizem q o mundo precisa de mudanças mas elas nunca acontecem.
Ah, as vzs o mundo é tão chato né?
Mais sempre existem esperanças de um lugar melhor.
bjus

Adriano Queiroz disse...

Concordo contigo.
Vi muitos comentários péssimo nesta temática, é uma lástima.
Às vezes fico mal ainda sabia quando leio estas coisas, por mais que o tempo dê uma camada de resistência.
Lá é a "Proposta 8", aqui querem derrubar o PLC 122/06 que criminaliza a homofobia.
A luta é diária.

Abraços.

Flor disse...

puro preconceito...

mundo mundo, gira mundo... e o preconceito tai...

beijo

Renata disse...

É, o preconceito é um tema muito polêmico, ainda mais em lugares tão conservadores. Mas só a revolta por parte nossa ainda não adianta muita coisa, né?

Beijos.